• Colaboradores

O que você precisa entender antes de aplicar o marketing digital na sua empresa

Por Murilo Baracho





O que você precisa entender antes de aplicar o marketing digital na sua empresa


Você já pensou em contratar os serviços de uma agência de marketing digital? Já estabeleceu suas metas e sonhou alto com a sua empresa? Pensou em conquistar visibilidade, credibilidade e muitos dígitos em seguidores no Instagram? Acredito que essa seja a grande tendência do momento. O que ninguém conta é que o serviço de marketing digital vai muito além de criar publicações nas redes sociais.


Pensar em marketing digital, no primeiro momento, demanda agregar ao conceito uma série de outras divisões, nomes, técnicas e mais. Precisamos enxergar a linha editorial, entender o público-alvo, buscar tendências, definir o planejamento, produzir conteúdos em texto, áudio (no formato podcast), vídeo e em imagem, tudo isso pensando em três pontos principais:


1) Quais dores do seu cliente potencial são curadas (resolvidas) através do conteúdo que será publicado?


2) Que tipo de marca (impacto) a sua empresa quer deixar para as pessoas através das mídias?


3) De quais resultados sua empresa precisa? Fixação de marca? Alcançar mais pessoas? Gerar leads (contatos que demonstram interesse no seu produto ou serviço)?


Tudo o que citei até agora não deve representar nem 10% de toda a estratégia de marketing digital que pode ser aplicada em uma empresa. Nesse contexto, ainda precisamos considerar o design – que se subdivide em design de marca, gráfico, web, eco, de comunicação, design think e até mesmo UI e UX design, que podem ser englobados em uma estratégia bastante completa. Nele define-se desde a identidade visual – criando o laço entre as pessoas por trás da empresa, os colaboradores, fornecedores e cliente final – até a experiência do usuário e seus sentimentos, o impacto que o recurso audiovisual deve causar no receptor da mensagem. Prestar atendimento online?


O marketing digital efetivo é bastante complexo e exige um profissional com visão ampla para enxergar as necessidades do cliente e buscar saná-las através das inúmeras ferramentas aplicadas em uma estratégia personalizada.


Antes de explicar um pouco mais desse universo, creio que até aqui você já tenha se convencido de que criar um post e publicar nas redes sociais vai muito além do simples ato e envolve etapas, estudos, análises, conhecimento e visão.

Outra dúvida muito comum é: mas em quais redes devo publicar? E o meu site? Devo mantê-lo?


Cabe ao dono ou CEO da empresa junto do profissional de marketing digital analisar e entender em quais redes a empresa deve estar presente. Mas há uma indispensável: o Google. Ele, quase universal e onipresente, está em tudo e com todos, por isso, no mínimo você precisa manter sempre atualizados nele o seu nome (da empresa), endereço, telefone e horário de atendimento. Segundo o ranking da Alexa, o Google é o site mais visitado do mundo, com média de 16h30 de acesso por visitante a cada dia. Em segundo lugar fica o Youtube.


Quanto aos sites, há também uma grande fatia de estratégia de marketing digital que os contempla. Trata-se da técnica de SEO (Search Engine Optimization – traduzido: Otimização para motores de busca), nela, basicamente, utiliza-se palavras-chave relacionadas ao seu nicho e diferencial que possam fazer com que a sua empresa seja encontrada nas páginas de pesquisa. Por exemplo: se você entrar no Google e procurar por museu de arte em São Paulo encontrará em primeiro lugar anúncios pagos e na sequência motores orgânicos (sites com palavras-chave) que tratam do assunto que você procurou.


A estratégia para sites abrange também as landing pages (páginas preparadas para captar possíveis clientes), ferramentas de automação, e-mail marketing (aqueles e-mails que recebemos de promoções e outros) – geralmente utilizados para nutrir o relacionamento com os clientes fidelizados – e inúmeros outros artifícios.


Até aqui entendemos um pouco sobre o processo de criação de conteúdos para mídias, a utilização de palavras-chave nesses conteúdos e possíveis estratégias para sites. Já pensou? Tudo isso e muito mais para fortalecer o seu negócio? Mas isso não é tudo, ainda não falamos do mais comum: a estratégia para redes sociais.


Ela envolve além das etapas já citadas, a análise das métricas - prática de prever o melhor caminho para a sua comunicação através dos números, reações, curtidas, compartilhamentos, formatos de mídia e do crescimento em geral (ou ausência dele) nas suas mídias sociais – e as campanhas impulsionadas (quando destacamos um dos conteúdos para que seja patrocinado como anúncio nas mídias sendo direcionado para um público específico, num período determinado e com um valor pré-definido).


Desenvolver um marketing digital estratégico é algo bastante complexo. É importante valorizar. Mas também é possível começar esse trabalho dando um passo de cada vez. O segredo é: pense sempre no receptor da mensagem (seu público) e produza conteúdos de qualidade respeitando o tempo que seu cliente potencial está dedicando para receber e interagir com o seu material.


Antes de acabar, algumas dúvidas comuns: como faço para conquistar muitos seguidores e rápido? Devo comprar seguidores? Se minha empresa contratar uma agência ou um profissional de marketing, em quanto tempo conquistarei meus milhões de seguidores?


Aí está a ilusão. Quantidade não é sinônimo de qualidade. Repare que muitas das contas com mais de 100k seguidores contam com pouquíssimas curtidas, comentários e compartilhamentos. É preciso focar nos resultados reais com o público. Pense: o que vale mais, mil seguidores reais que te acompanham e tem real interesse no seu produto ou cem mil seguidores desconhecidos que não fazem diferença nas suas vendas? O número alto brilha os nossos olhos, mas deve ser bem-vindo desde que real e bem trabalhado. Não tenha pressa, cresça com qualidade. Com isso já fica a sugestão para evitar a compra de seguidores. Embora possa trazer credibilidade, essa prática não ajuda muito quando o assunto é mensurar a realidade. Outro ponto necessário é destacar que a estratégia de marketing digital exige tempo, estudo constante e dedicação, por isso, invista em excelência e não em resultados apressados. Marketing estratégico digital não é pagou-levou, exige investimento em diversos aspectos.

Por fim, de acordo com pesquisa da HubSpot, 54% dos consumidores desejam ver mais conteúdos de uma marca ou empresa que apreciam – é preciso criar laços. E uma dica de ouro: dados da Cisco (referência mundial em TI) apontam que 82% do tráfego na internet será composto por vídeos até este ano, invista nesse formato e lembre-se: pessoas gostam de ver pessoas.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo