• Colaboradores

Câmbio automático está virando um xodó dos brasileiros

Pela primeira vez na história, neste ano de 2019, o mercado brasileiro consumirá mais carros automáticos do que os manuais. Feito pela consultoria brasileira Bright Consuilting, essa foi uma das várias conclusões que chegaram através do estudo Automotive Brasil 2030.

Em 2015, o câmbio automático tinha apenas uma representatividade de 34% no mix nacional. Em 2017, as vendas chegaram aos 43%, até bater 49% no ano de 2018. Logo,

2019 será o ano da virada e deve chegar aos 54% do total de vendas no país.

A inclusão dessa opção de câmbio em modelos compactos na faixa de R$50 mil, como por exemplo o Volkswagen Gol, fez com que as vendas disparassem e o custo do opcional reduzisse. E a tendência é que apenas os carros mais baratos, que são voltados aos frotistas, mantenham a opção de câmbio manual nos próximos anos, de acordo com a Bright

Consuilting.


Com essa virada para a onda de automação da condução veicular, terá impacto em breve, até na forma de como se aprende a dirigir e na habilidade de motoristas, por isso as autoescolas já devem começar a se prepararem para essa tendência.

A proposta de uma CNH exclusiva para dirigir carros com esse tipo de câmbio, foi aprovada em dezembro de 2018 por uma Comissão de Constituição e Justiça, e caso seja aprovada, pessoas poderão ser multadas se estiverem dirigindo carros com câmbio manuais, caso tenham somente a carteira especifica para câmbio automático. Talvez com infração gravíssima e retenção temporária do veículo. Melhor permanecer com a carteira que já temos para não ter dor de cabeça, né?


Por Lucas Nascimento

Jornalista

lucasnascip@gmail.com

41 visualizações
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon

© 2018 - Revista Vitti

Design criado por Murilo Baracho e Renata Cundari